Análise Estatística – Fenacor (dados disponíveis até fevereiro/2018)

Fonte: SUSEP



1) Introdução

O objetivo desse texto é fazer uma análise da evolução mensal do mercado segurador brasileiro, visto pelo enfoque dos Estados da União e a partir dos dados públicos da SUSEP.

O texto está dividido da seguinte forma.

- A análise de seguros é separada nos ramos Automóvel, seguro DPVAT, Pessoas, Patrimonial e Demais. Não está considerado o segmento VGBL. O critério de receita é Prêmios Diretos.

- Em capitalização, o critério de receita é prêmios.

- Em previdência, o critério é renda de contribuição. Soma-se a receita do VGBL a este tópico.

- Em todos os ramos, se calcula o valor por Estados e por Região do país.

- Nesse texto, os dados estão acumulados até fevereiro/2018, comparados ao mesmo período do ano anterior.

- Todos os valores estão em R$ milhões.

 

2) Seguros

a) Total

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

12

16

35%

AM

82

108

32%

AP

9

10

14%

PA

127

146

15%

RO

51

61

19%

RR

10

10

0%

TO

47

50

6%

Norte

338

401

19%

AL

69

74

8%

BA

384

441

15%

CE

257

309

20%

MA

104

105

1%

PB

96

104

8%

PE

343

346

1%

PI

67

72

9%

RN

89

96

8%

SE

82

86

5%

Nordeste

1.490

1.633

10%

DF

741

792

7%

GO

377

411

9%

MS

175

182

4%

MT

212

233

10%

Centro-Oeste

1.505

1.618

8%

ES

196

217

11%

MG

1.550

1.510

-3%

RJ

1.665

1.776

7%

SP

6.830

7.389

8%

Sudeste

10.241

10.893

6%

PR

1.121

1.175

5%

RS

1.206

1.354

12%

SC

598

652

9%

Sul

2.925

3.181

9%

Brasil

16.499

17.726

7%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

338

401

19%

Nordeste

1.490

1.633

10%

Centro-Oeste

1.505

1.618

8%

Sudeste

10.241

10.893

6%

Sul

2.925

3.181

9%

Brasil

16.499

17.726

7%

 

%

2017

2018

Norte

2%

2%

Nordeste

9%

9%

Centro-Oeste

9%

9%

Sudeste

62%

61%

Sul

18%

18%

Brasil

100%

100%

 

Até fevereiro de 2018, quando comparado ao mesmo período do ano anterior, temos:

- O faturamento total do setor de seguros subiu 7%, mas esse número está fortemente influenciado pelo seguro obrigatório DPVAT. Quando excluímos a receita desse ramo de seguro, tal valor sobe para 11%.

- Nesse ano, assim como no exercício de 2017, houve um ajuste negativo nos prêmios desse ramo, conforme determinação do governo federal, daí essa diferença.

- A região Sudeste lidera o mercado com 60% a 65% da receita total do país.

 

b) Automóvel (sem DPVAT)

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

2

3

76%

AM

22

29

32%

AP

1

1

66%

PA

43

49

15%

RO

19

20

0%

RR

1

1

65%

TO

16

17

8%

Norte

103

120

17%

AL

34

35

4%

BA

178

196

10%

CE

111

123

11%

MA

31

34

9%

PB

39

43

12%

PE

123

139

13%

PI

25

27

5%

RN

40

46

13%

SE

28

33

15%

Nordeste

610

676

11%

DF

136

143

5%

GO

143

162

13%

MS

48

55

13%

MT

64

75

17%

Centro-Oeste

391

435

11%

ES

84

97

15%

MG

416

461

11%

RJ

423

464

10%

SP

1.893

2.190

16%

Sudeste

2.816

3.212

14%

PR

371

419

13%

RS

383

434

13%

SC

247

283

15%

Sul

1.001

1.136

13%

Brasil

4.922

5.579

13%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

103

120

17%

Nordeste

610

676

11%

Centro-Oeste

391

435

11%

Sudeste

2.816

3.212

14%

Sul

1.001

1.136

13%

Brasil

4.922

5.579

13%

 

%

2017

2018

Norte

2%

2%

Nordeste

12%

12%

Centro-Oeste

8%

8%

Sudeste

57%

58%

Sul

20%

20%

Brasil

100%

100%

 

Até fevereiro de 2018, quando comparado ao mesmo período do ano anterior, o seguro de automóvel teve uma evolução muito boa, com uma variação de 13%, bem acima das taxas de inflação para o período.

 

c) Seguro DPVAT

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

3

3

-19%

AM

7

6

-20%

AP

2

1

-19%

PA

14

11

-20%

RO

5

9

59%

RR

2

2

-35%

TO

5

4

-23%

Norte

39

35

-11%

AL

6

6

4%

BA

34

26

-24%

CE

23

45

94%

MA

24

17

-29%

PB

9

8

-11%

PE

80

64

-19%

PI

11

10

-12%

RN

8

5

-41%

SE

13

7

-47%

Nordeste

208

188

-10%

DF

25

22

-12%

GO

19

16

-13%

MS

10

9

-8%

MT

24

21

-10%

Centro-Oeste

78

69

-11%

ES

10

7

-26%

MG

404

319

-21%

RJ

188

134

-29%

SP

554

407

-26%

Sudeste

1.156

867

-25%

PR

150

120

-20%

RS

125

97

-22%

SC

47

38

-19%

Sul

321

255

-21%

Brasil

1.803

1.415

-22%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

39

35

-11%

Nordeste

208

188

-10%

Centro-Oeste

78

69

-11%

Sudeste

1.156

867

-25%

Sul

321

255

-21%

Brasil

1.803

1.415

-22%

 

%

2017

2018

Norte

2%

2%

Nordeste

12%

13%

Centro-Oeste

4%

5%

Sudeste

64%

61%

Sul

18%

18%

Brasil

100%

100%

 

Em 2017, houve uma queda expressiva do faturamento do seguro DPVAT, conforme determinação do governo federal ao final de 2016, ao ajustar os preços desse seguro. Ao final, essa queda nesse exercício foi de aproximadamente 30% da receita. Em 2018, a queda permanece, com uma variação negativa em torno de 20%.

 

d) Pessoas

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

4

6

41%

AM

29

36

24%

AP

5

6

23%

PA

38

46

21%

RO

15

17

17%

RR

4

4

11%

TO

9

10

11%

Norte

103

125

21%

AL

17

19

15%

BA

84

113

34%

CE

77

88

13%

MA

23

27

20%

PB

27

32

20%

PE

86

84

-2%

PI

16

20

22%

RN

23

28

24%

SE

19

22

17%

Nordeste

371

432

16%

DF

419

445

6%

GO

90

105

16%

MS

40

50

24%

MT

46

55

20%

Centro-Oeste

596

655

10%

ES

60

68

14%

MG

360

424

18%

RJ

467

513

10%

SP

2.230

2.511

13%

Sudeste

3.116

3.516

13%

PR

286

306

7%

RS

403

494

23%

SC

156

166

6%

Sul

845

966

14%

Brasil

5.031

5.695

13%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

103

125

21%

Nordeste

371

432

16%

Centro-Oeste

596

655

10%

Sudeste

3.116

3.516

13%

Sul

845

966

14%

Brasil

5.031

5.695

13%

 

%

2017

2018

Norte

2%

2%

Nordeste

7%

8%

Centro-Oeste

12%

12%

Sudeste

62%

62%

Sul

17%

17%

Brasil

100%

100%

 

Em 2017, a evolução do ramo de pessoas foi favorável, quando comparada ao mesmo período do ano anterior. No ano passado, a variação foi de 11%, superando com sobras as taxas de inflação. Em 2018, essa tendência favorável continua a mesma, também na casa de dois dígitos.

 

e) Patrimonial

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

1

3

196%

AM

14

19

40%

AP

1

1

1%

PA

14

20

46%

RO

4

7

69%

RR

1

2

66%

TO

6

6

4%

Norte

40

58

44%

AL

7

8

15%

BA

38

43

11%

CE

24

29

22%

MA

10

10

2%

PB

12

12

0%

PE

27

28

5%

PI

7

8

25%

RN

9

9

9%

SE

13

16

27%

Nordeste

144

162

12%

DF

54

58

8%

GO

36

38

4%

MS

12

16

29%

MT

14

19

37%

Centro-Oeste

116

131

12%

ES

16

16

0%

MG

120

116

-3%

RJ

230

186

-19%

SP

1.174

1.200

2%

Sudeste

1.539

1.518

-1%

PR

117

121

3%

RS

126

143

13%

SC

86

87

1%

Sul

329

350

6%

Brasil

2.169

2.220

2%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

40

58

44%

Nordeste

144

162

12%

Centro-Oeste

116

131

12%

Sudeste

1.539

1.518

-1%

Sul

329

350

6%

Brasil

2.169

2.220

2%

 

%

2017

2018

Norte

2%

3%

Nordeste

7%

7%

Centro-Oeste

5%

6%

Sudeste

71%

68%

Sul

15%

16%

Brasil

100%

100%

Em 2017, o faturamento dos seguros do ramo patrimonial foi 5% maior do que o valor no mesmo período de 2016. Em 2018, até agora, a variação tem se situado ente 2% a 5%. Em destaque, a região Sudeste, com quase 70% do total da receita desse segmento.

 

f) Demais

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

2

2

-14%

AM

10

18

83%

AP

1

1

-19%

PA

19

19

4%

RO

7

8

16%

RR

2

1

-34%

TO

11

13

13%

Norte

52

62

21%

AL

6

7

4%

BA

49

63

28%

CE

22

24

12%

MA

16

17

2%

PB

11

9

-13%

PE

28

31

11%

PI

7

7

8%

RN

9

8

-7%

SE

9

9

-5%

Nordeste

157

175

11%

DF

107

124

16%

GO

88

90

2%

MS

64

52

-19%

MT

64

63

-3%

Centro-Oeste

324

328

1%

ES

26

28

11%

MG

251

190

-25%

RJ

357

479

34%

SP

980

1.081

10%

Sudeste

1.614

1.778

10%

PR

196

208

6%

RS

169

187

10%

SC

62

79

26%

Sul

428

474

11%

Brasil

2.574

2.817

9%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

52

62

21%

Nordeste

157

175

11%

Centro-Oeste

324

328

1%

Sudeste

1.614

1.778

10%

Sul

428

474

11%

Brasil

2.574

2.817

9%

 

%

2017

2018

Norte

2%

2%

Nordeste

6%

6%

Centro-Oeste

13%

12%

Sudeste

63%

63%

Sul

17%

17%

Brasil

100%

100%

Nos últimos anos, a variação dos demais ramos também tem sido positiva. Por exemplo, nesse grupo, podemos destacar a evolução dos ramos garantia e habitacional. Atualmente, a variação já está em quase 10%.

 

f) Ramos de Seguros

R$ milhões

2017

2018

Var %

Auto (sem DPVAT)

4.922

5.579

13%

DPVAT

1.803

1.415

-22%

Pessoas

5.031

5.695

13%

Patrimonial

2.169

2.220

2%

Demais

2.574

2.817

9%

Total com DPVAT

16.499

17.726

7%

Total sem DPVAT

14.697

16.311

11%

 

%

2017

2018

Auto (sem DPVAT)

30%

31%

DPVAT

11%

8%

Pessoas

30%

32%

Patrimonial

13%

13%

Demais

16%

16%

Total

100%

100%

 

Na análise da participação dos ramos, os segmentos de automóvel (sem DPVAT) e o de pessoas dividem a liderança do segmento, com um valor bastante similar.

Nesse ano, um fato importante é a queda de participação do seguro DPVAT, para um valor abaixo de 10% do faturamento do segmento.

 

3) Capitalização

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

5

5

1%

AM

22

22

-1%

AP

4

4

-11%

PA

41

41

1%

RO

13

14

9%

RR

3

3

7%

TO

11

11

-1%

Norte

100

101

1%

AL

14

13

-3%

BA

98

101

3%

CE

58

59

1%

MA

26

32

23%

PB

24

23

-2%

PE

63

65

3%

PI

18

25

37%

RN

28

30

7%

SE

13

17

30%

Nordeste

342

365

7%

DF

77

93

21%

GO

86

92

7%

MS

36

37

3%

MT

38

40

6%

Centro-Oeste

236

262

11%

ES

37

49

33%

MG

260

293

13%

RJ

335

335

0%

SP

1.144

1.226

7%

Sudeste

1.776

1.903

7%

PR

181

189

4%

RS

266

293

10%

SC

143

146

3%

Sul

589

628

7%

Brasil

3.044

3.259

7%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

100

101

1%

Nordeste

342

365

7%

Centro-Oeste

236

262

11%

Sudeste

1.776

1.903

7%

Sul

589

628

7%

Brasil

3.044

3.259

7%

 

%

2017

2018

Norte

3%

3%

Nordeste

11%

11%

Centro-Oeste

8%

8%

Sudeste

58%

58%

Sul

19%

19%

Brasil

100%

100%

 

Após anos muito fracos, o segmento de capitalização voltou a crescer em 2018. Até agora, a variação é de mais de 5%.

 

4) VGBL + Previdência

R$ milhões

2017

2018

Var %

AC

6

131

2072%

AM

89

130

46%

AP

5

38

721%

PA

92

145

57%

RO

23

68

196%

RR

4

183

4635%

TO

54

111

104%

Norte

273

807

196%

AL

83

132

60%

BA

687

517

-25%

CE

696

300

-57%

MA

65

123

88%

PB

66

98

48%

PE

577

263

-54%

PI

19

56

193%

RN

44

90

106%

SE

31

155

401%

Nordeste

2.269

1.735

-24%

DF

222

460

107%

GO

818

282

-66%

MS

90

152

69%

MT

81

154

92%

Centro-Oeste

1.210

1.048

-13%

ES

111

253

127%

MG

1.576

1.078

-32%

RJ

2.368

1.765

-25%

SP

7.616

5.885

-23%

Sudeste

11.671

8.981

-23%

PR

1.003

786

-22%

RS

891

964

8%

SC

585

943

61%

Sul

2.479

2.693

9%

Brasil

17.903

15.264

-15%

 

R$ milhões

2017

2018

Var %

Norte

273

807

196%

Nordeste

2.269

1.735

-24%

Centro-Oeste

1.210

1.048

-13%

Sudeste

11.671

8.981

-23%

Sul

2.479

2.693

9%

Brasil

17.903

15.264

-15%

 

%

2017

2018

Norte

2%

5%

Nordeste

13%

11%

Centro-Oeste

7%

7%

Sudeste

65%

59%

Sul

14%

18%

Brasil

100%

100%

 

Até agora, o segmento VGBL + Previdência tem uma queda expressiva. É preciso esperar mais dados para uma conclusão mais substancial. De qualquer maneira, tudo sinaliza que esse segmento não terá em 2018 a mesma evolução que teve em exercícios anteriores.