Análise Estatística – Fenacor (dados disponíveis até setembro/2017)

Fonte: SUSEP



1) Introdução

O objetivo desse texto é fazer uma análise da evolução mensal do mercado segurador brasileiro, visto pelo enfoque dos Estados da União e a partir dos dados públicos da SUSEP.

O texto está dividido da seguinte forma.

- A análise de seguros é separada nos ramos Automóvel, seguro DPVAT, Pessoas, Patrimonial e Demais. Não está considerado o segmento VGBL. O critério de receita é Prêmios Diretos.
- Em capitalização, o critério de receita é prêmios.
- Em previdência, o critério é renda de contribuição. Soma-se a receita do VGBL a este tópico.
- Em todos os ramos, se calcula o valor por Estados e por Região do país.
- Nesse texto, os dados estão acumulados até setembro/2017, comparados ao mesmo período do ano anterior.
- Todos os valores estão em R$ milhões.

 

2) Seguros

a) Total

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

67

65

-2%

AM

395

407

3%

AP

51

48

-6%

PA

657

672

2%

RO

300

308

3%

RR

48

49

2%

TO

287

257

-10%

Norte

1.805

1.808

0%

AL

323

344

6%

BA

1.964

2.042

4%

CE

1.274

1.346

6%

MA

488

508

4%

PB

472

465

-1%

PE

1.338

1.403

5%

PI

319

338

6%

RN

451

479

6%

SE

302

345

15%

Nordeste

6.931

7.271

5%

DF

3.637

3.592

-1%

GO

1.920

1.962

2%

MS

770

849

10%

MT

1.010

1.061

5%

Centro-Oeste

7.337

7.465

2%

ES

958

1.061

11%

MG

6.122

6.245

2%

RJ

7.348

7.736

5%

SP

31.005

32.642

5%

Sudeste

45.434

47.684

5%

PR

5.090

5.291

4%

RS

5.649

6.036

7%

SC

2.893

3.040

5%

Sul

13.632

14.367

5%

Brasil

75.139

78.594

5%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

1.805

1.808

0%

Nordeste

6.931

7.271

5%

Centro-Oeste

7.337

7.465

2%

Sudeste

45.434

47.684

5%

Sul

13.632

14.367

5%

Brasil

75.139

78.594

5%

 

%

2016

2017

Norte

2%

2%

Nordeste

9%

9%

Centro-Oeste

10%

9%

Sudeste

60%

61%

Sul

18%

18%

Brasil

100%

100%

 

Até setembro de 2017, quando comparado ao mesmo período de 2016, temos:

- O faturamento total do setor de seguros subiu 5%, mas esse número está fortemente influenciado pelo seguro obrigatório DPVAT.
- Quando excluímos a receita desse ramo de seguro, tal valor sobe para 9%. Nesse exercício de 2017, houve um ajuste negativo nos prêmios desse ramo, conforme determinação do governo federal, daí essa diferença. Essa taxa de crescimento de 9%, bem acima da taxa de inflação, é um ponto favorável para o segmento. Ou seja, a evolução do segmento continua melhor do que a do ano anterior.
- A região Sudeste lidera o mercado com 61% da receita total do país.

 

b) Automóvel (sem DPVAT)

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

8

9

5%

AM

106

102

-4%

AP

7

5

-30%

PA

203

208

3%

RO

99

100

2%

RR

7

5

-33%

TO

73

74

2%

Norte

502

503

0%

AL

139

146

6%

BA

856

853

0%

CE

508

533

5%

MA

145

155

7%

PB

171

178

4%

PE

511

572

12%

PI

108

117

8%

RN

174

192

10%

SE

123

137

11%

Nordeste

2.735

2.882

5%

DF

633

651

3%

GO

704

734

4%

MS

237

255

7%

MT

323

347

7%

Centro-Oeste

1.898

1.987

5%

ES

389

419

8%

MG

2.009

2.100

5%

RJ

2.005

2.063

3%

SP

9.278

10.026

8%

Sudeste

13.682

14.609

7%

PR

1.779

1.904

7%

RS

1.771

1.905

8%

SC

1.190

1.268

7%

Sul

4.740

5.077

7%

Brasil

23.557

25.058

6%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

502

503

0%

Nordeste

2.735

2.882

5%

Centro-Oeste

1.898

1.987

5%

Sudeste

13.682

14.609

7%

Sul

4.740

5.077

7%

Brasil

23.557

25.058

6%

 

%

2016

2017

Norte

2%

2%

Nordeste

12%

12%

Centro-Oeste

8%

8%

Sudeste

58%

58%

Sul

20%

20%

Brasil

100%

100%


Até setembro de 2017, houve aumento de faturamento no ramo automóvel de 6%, quando não consideramos o segmento do DPVAT. O maior destaque coube aos estados da região sul e sudeste. Esse patamar está acima da taxa inflacionária no período.

 

c) Seguro DPVAT

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

27

19

-29%

AM

51

36

-29%

AP

14

10

-28%

PA

133

95

-29%

RO

90

65

-28%

RR

15

13

-10%

TO

65

44

-32%

Norte

395

283

-29%

AL

73

48

-34%

BA

270

200

-26%

CE

215

148

-31%

MA

137

101

-26%

PB

87

57

-35%

PE

261

172

-34%

PI

89

63

-29%

RN

113

75

-33%

SE

58

37

-36%

Nordeste

1.303

902

-31%

DF

131

96

-26%

GO

315

169

-46%

MS

111

80

-28%

MT

156

111

-29%

Centro-Oeste

713

456

-36%

ES

148

114

-22%

MG

1.045

716

-31%

RJ

464

312

-33%

SP

1.929

1.328

-31%

Sudeste

3.585

2.470

-31%

PR

493

343

-30%

RS

597

394

-34%

SC

383

265

-31%

Sul

1.473

1.003

-32%

Brasil

7.470

5.113

-32%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

395

283

-29%

Nordeste

1.303

902

-31%

Centro-Oeste

713

456

-36%

Sudeste

3.585

2.470

-31%

Sul

1.473

1.003

-32%

Brasil

7.470

5.113

-32%

 

%

2016

2017

Norte

5%

6%

Nordeste

17%

18%

Centro-Oeste

10%

9%

Sudeste

48%

48%

Sul

20%

20%

Brasil

100%

100%

 

Em 2017, houve uma queda expressiva do faturamento do seguro DPVAT, conforme determinação do governo federal ao final de 2016, ao ajustar os preços desse seguro. Ao final, essa queda nesse exercício será de aproximadamente 30% da receita.

 

d) Pessoas

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

19

23

20%

AM

132

148

12%

AP

23

25

10%

PA

209

212

2%

RO

60

76

26%

RR

17

20

21%

TO

44

47

8%

Norte

503

552

10%

AL

66

85

29%

BA

467

510

9%

CE

353

385

9%

MA

109

121

11%

PB

112

137

23%

PE

362

388

7%

PI

64

86

34%

RN

103

125

21%

SE

77

96

24%

Nordeste

1.714

1.933

13%

DF

1.386

2.102

52%

GO

402

462

15%

MS

187

199

7%

MT

232

251

8%

Centro-Oeste

2.208

3.014

37%

ES

247

297

20%

MG

1.654

1.877

13%

RJ

2.126

2.321

9%

SP

10.387

11.066

7%

Sudeste

14.414

15.561

8%

PR

1.371

1.422

4%

RS

1.761

2.043

16%

SC

689

777

13%

Sul

3.822

4.242

11%

Brasil

22.660

25.301

12%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

503

552

10%

Nordeste

1.714

1.933

13%

Centro-Oeste

2.208

3.014

37%

Sudeste

14.414

15.561

8%

Sul

3.822

4.242

11%

Brasil

22.660

25.301

12%

 

%

2016

2017

Norte

2%

2%

Nordeste

8%

8%

Centro-Oeste

10%

12%

Sudeste

64%

62%

Sul

17%

17%

Brasil

100%

100%

 

Nesse ano, a evolução do ramo de pessoas está sendo favorável, quando comparada ao mesmo período do ano anterior. Até agora, temos uma variação total de mais de 10%, que deve ser mantida.

 

e) Patrimonial

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

6

5

-20%

AM

58

67

15%

AP

4

5

18%

PA

56

69

23%

RO

23

29

25%

RR

4

4

4%

TO

21

24

15%

Norte

172

202

18%

AL

29

34

20%

BA

164

193

18%

CE

130

166

27%

MA

42

48

15%

PB

48

52

7%

PE

121

143

19%

PI

30

29

-3%

RN

35

46

30%

SE

22

35

60%

Nordeste

620

745

20%

DF

195

177

-9%

GO

174

179

3%

MS

57

66

15%

MT

68

78

15%

Centro-Oeste

493

499

1%

ES

78

85

10%

MG

622

574

-8%

RJ

1.112

1.109

0%

SP

5.075

5.273

4%

Sudeste

6.887

7.041

2%

PR

545

555

2%

RS

624

615

-1%

SC

305

364

19%

Sul

1.475

1.534

4%

Brasil

9.647

10.021

4%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

172

202

18%

Nordeste

620

745

20%

Centro-Oeste

493

499

1%

Sudeste

6.887

7.041

2%

Sul

1.475

1.534

4%

Brasil

9.647

10.021

4%

 

%

2016

2017

Norte

2%

2%

Nordeste

6%

7%

Centro-Oeste

5%

5%

Sudeste

71%

70%

Sul

15%

15%

Brasil

100%

100%

 

Até agora, o faturamento até setembro de 2017 dos seguros do ramo patrimonial é 4% maior do que o valor no mesmo período de 2016. Em destaque, a região Sudeste, com mais de 70% do total desse segmento.

 

f) Demais

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

6

9

57%

AM

48

54

12%

AP

3

4

2%

PA

56

88

58%

RO

28

38

36%

RR

6

7

16%

TO

85

68

-20%

Norte

232

268

15%

AL

16

30

82%

BA

207

286

39%

CE

68

114

68%

MA

55

84

52%

PB

54

41

-24%

PE

83

128

54%

PI

29

43

48%

RN

25

42

64%

SE

21

40

92%

Nordeste

559

808

45%

DF

1.292

567

-56%

GO

325

419

29%

MS

178

250

41%

MT

230

274

19%

Centro-Oeste

2.025

1.510

-25%

ES

96

146

51%

MG

793

977

23%

RJ

1.641

1.931

18%

SP

4.337

4.949

14%

Sudeste

6.867

8.003

17%

PR

901

1.066

18%

RS

895

1.079

20%

SC

326

366

12%

Sul

2.122

2.511

18%

Brasil

11.805

13.100

11%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

232

268

15%

Nordeste

559

808

45%

Centro-Oeste

2.025

1.510

-25%

Sudeste

6.867

8.003

17%

Sul

2.122

2.511

18%

Brasil

11.805

13.100

11%

 

%

2016

2017

Norte

2%

2%

Nordeste

5%

6%

Centro-Oeste

17%

12%

Sudeste

58%

61%

Sul

18%

19%

Brasil

100%

100%

 

A variação dos demais ramos também foi positiva. Por exemplo, nesse grupo, podemos destacar a evolução dos ramos garantia e habitacional.

 

f) Ramos de Seguros

R$ milhões

2016

2017

Var %

Auto (sem DPVAT)

23.557

25.058

6%

DPVAT

7.470

5.113

-32%

Pessoas

22.660

25.301

12%

Patrimonial

9.647

10.021

4%

Demais

11.805

13.100

11%

Total

75.139

78.594

5%

 

%

2016

2017

Auto (sem DPVAT)

31%

32%

DPVAT

10%

7%

Pessoas

30%

32%

Patrimonial

13%

13%

Demais

16%

17%

Total

100%

100%


Na análise da participação dos ramos, os segmentos de automóvel (sem DPVAT) e o de pessoas dividem a liderança do segmento, com um valor bastante similar.

Nesse ano, um fato importante é a queda de participação do seguro DPVAT, para um valor abaixo de 10% do faturamento do segmento.

 

3) Capitalização

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

24

24

-1%

AM

118

110

-8%

AP

26

21

-17%

PA

211

203

-4%

RO

73

66

-9%

RR

17

17

-2%

TO

55

54

-2%

Norte

525

495

-6%

AL

130

67

-48%

BA

521

468

-10%

CE

287

270

-6%

MA

148

131

-12%

PB

125

112

-10%

PE

324

296

-9%

PI

92

102

11%

RN

141

135

-5%

SE

68

64

-6%

Nordeste

1.836

1.646

-10%

DF

309

397

28%

GO

404

417

3%

MS

187

177

-5%

MT

208

193

-8%

Centro-Oeste

1.109

1.183

7%

ES

199

203

2%

MG

1.361

1.290

-5%

RJ

1.787

1.690

-5%

SP

5.857

5.748

-2%

Sudeste

9.205

8.932

-3%

PR

874

887

1%

RS

1.268

1.348

6%

SC

678

682

1%

Sul

2.820

2.916

3%

Brasil

15.495

15.173

-2%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

525

495

-6%

Nordeste

1.836

1.646

-10%

Centro-Oeste

1.109

1.183

7%

Sudeste

9.205

8.932

-3%

Sul

2.820

2.916

3%

Brasil

15.495

15.173

-2%

 

%

2016

2017

Norte

3%

3%

Nordeste

12%

11%

Centro-Oeste

7%

8%

Sudeste

59%

59%

Sul

18%

19%

Brasil

100%

100%

 

Ainda pelo efeito da crise econômica, o faturamento acumulado desse segmento ainda conseguiu acompanhar as taxas de inflação.

 

4) VGBL + Previdência

R$ milhões

2016

2017

Var %

AC

24

62

159%

AM

424

587

38%

AP

20

59

198%

PA

366

656

79%

RO

112

163

45%

RR

15

46

208%

TO

130

197

51%

Norte

1.091

1.769

62%

AL

256

502

96%

BA

2.982

3.298

11%

CE

2.764

2.118

-23%

MA

247

525

113%

PB

240

472

97%

PE

2.549

2.126

-17%

PI

81

239

196%

RN

178

457

156%

SE

86

313

264%

Nordeste

9.383

10.051

7%

DF

902

2.100

133%

GO

3.578

2.584

-28%

MS

399

628

57%

MT

349

731

110%

Centro-Oeste

5.228

6.043

16%

ES

559

919

64%

MG

6.923

6.996

1%

RJ

10.845

11.024

2%

SP

34.255

37.463

9%

Sudeste

52.583

56.402

7%

PR

4.642

4.610

-1%

RS

3.996

4.603

15%

SC

2.901

2.977

3%

Sul

11.539

12.190

6%

Brasil

79.824

86.456

8%

 

R$ milhões

2016

2017

Var %

Norte

1.091

1.769

62%

Nordeste

9.383

10.051

7%

Centro-Oeste

5.228

6.043

16%

Sudeste

52.583

56.402

7%

Sul

11.539

12.190

6%

Brasil

79.824

86.456

8%

 

%

2016

2017

Norte

1%

2%

Nordeste

12%

12%

Centro-Oeste

7%

7%

Sudeste

66%

65%

Sul

14%

14%

Brasil

100%

100%

 

No segmento VGBL + Previdência, a variação de receita foi bem favorável em 2016. Em 2017, essa evolução continua positiva, mas sem a mesma intensidade. De qualquer maneira, o valor deve ultrapassar a taxa de inflação.